Dia 21 de Maio, chegada a Acapulco (México)


Chegamos assim ao fim de mais uma tirada, esta de 1849 milhas (3424 km) que separam Guayaquil da cidade de Acapulco no México, tirada esta na qual navegamos os primeiros cinco dias a vela, aproveitando os ventos quentes desta região tropical, são agora 16:00 encontramo-nos ao largo da baía de Acapulco, onde iremos atracar amanha dia 22 pelas 09:00 locais.
Acapulco é uma cidade do estado de Guerrero, próxima do lago Coyuca e a sudoeste do lago Papagayo, no México. Localiza-se no sul do país, na costa do Pacífico. Tem cerca de 900 mil habitantes. Foi fundada em 1550. Possui um porto de abrigo natural, dos mais perfeitos do mundo, que forma uma baía que se estende ao longo de cerca de cinco quilómetros e é protegida, a norte, pela Sierra Madre do Sul.
Após a sua descoberta pelos Espanhóis, em 1531, por Hernán Cortés, deu-se logo a sua fundação, tornando-se o porto da cidade num estaleiro das naus espanholas que navegavam entre o México e o Sudoeste Asiático.
O porto continua a ter uma grande importância, nomeadamente nas exportações de produtos como o algodão, as frutas tropicais, a cana-de-açúcar, o café, o tabaco e outros produtos que advêm do interior do país. A rede de transportes, com destaque para a estrada de ligação à cidade do México, estabelece uma complementaridade eficiente com as facilidades marítimas.
Acapulco tornou-se num local turístico importante, dado que especialmente entre os meses de Dezembro e Abril possui temperaturas muito agradáveis. Está inserida nos planaltos costeiros do México, sendo uma área denominada de "tierra caliente", dado que as temperaturas ultrapassam frequentemente os 40 ºC. Por outro lado, o clima é bastante húmido, com a estação das chuvas a decorrer entre Maio e Outubro, sendo designada, por vezes, de "Riviera Mexicana".
É o centro turístico mais importante do México e um dos mais importantes do mundo, dado o contexto natural paradisíaco, a nível do relevo, do clima e da própria vegetação tropical. O seu desenvolvimento económico é perfeitamente assente no turismo, com complexos turísticos, cinemas, grandes hotéis e centros de recreio que proporcionam uma boa qualidade de vida.
Em Outubro de 1997, um violento furacão atingiu a cidade, fazendo vários estragos, como a destruição de estradas e pontes e a morte de cerca de 100 pessoas.
Mais um porto que nos enche o espírito de expectativas, não só pelas suas belas paisagens mas também pelos atractivos turísticos já referidos que tem para nos oferecer.

2 comentários:

............................. disse...

Finalmente chegaram!!!! Ai que alívio e que felicidade!!!
Beijos a todos

romcadur disse...

Vão, Vão por mim visitar a "QUEBRADA" ver los voladores a saltar, vão ao Princesse e vejam essa cidade de Acapulco bem vista.
Nós os marinheiros da 1ª volta gostariamos de lá estar, mas estão vosses e é o que conta.
Não se esqueçam que são onde quer que andem uma referância Portuguesa, fiquem boa esteira e serão lembrados.
Um abraço grande e bons ventos no Pacifico.